Th08/Finais do Magic Team

From Touhou Patch Center
Jump to: navigation, search
This page is a translated version of a page Th08/Magic Team's Endings and the translation is 100% complete.

Other languages:Bulgarian 100% • ‎German 2% • ‎English 1% • ‎French 95% • ‎Japanese 100% • ‎Brazilian Portuguese 100% • ‎Thai 100% • ‎Vietnamese 100% • ‎Simplified Chinese 10%

Página traduzida pelo grupo Dreamland's Crazy Tea Party.

Usuário: KriChris

Gnome-colors-gtk-edit.svg end01a.end.jdiff


Final Ruim No. 10

8Casa da Marisa.

10No final, a manhã chegou sem que nada fosse resolvido.

Alice parecia cansada e adormeceu na casa de Marisa,

em vez de voltar para sua própria casa, o que era incomum.

15<tl$Marisa:> "A noite é mais curta do que eu pensava."

17<tl$Marisa:> "Mas hoje à noite, vou nocautear a criminosa."

20Marisa fez um plano para derrotar o povo da lua. E Alice dormiu profundamente ao lado dela.

23Alice tinha certeza, em seu sono profundo... ...que o futuro acabaria bem.

26Final Ruim #10 Continue completando as fases, até onde você dê conta!

Gnome-colors-gtk-edit.svg end01b.end.jdiff


Final Normal No. 6

8Noite no Santuário Hakurei.

10Depois de muitas noites de lua cheia,

os habitantes de Gensokyo ficaram desconfiados. Duas pessoas, em particular, se perguntavam quem estava

fazendo isso e por quê.

15Assim, elas seguiram em direção ao Santuário Hakurei.

Lá, elas provavelmente encontrariam alguém que pode ou não saber de alguma coisa. Elas tiveram que recuperar a verdadeira lua de alguma forma,

já que a Princesa da Lua a havia escondido.

20<tl$Marisa:> "Tudo bem, parece que esse é o lugar."

24<tl$Alice:> "O quê? Acha que consegue enxergar algo especial daqui?"

26<tl$Alice:> "De qualquer forma, o problema em questão é o que fazer

<l$> com um coelho da lua e ovos solitários.

<l$> Você acha que Reimu tem algo para fazer shish kebabs?"

30<tl$Marisa:> "Esse não é um problema difícil de resolver."

32<tl$Marisa:> "Hoje em dia, guardam apenas os pés dos coelhos para dar sorte. <l$> Ei, você não acha que essa lua está estranha?"

36<tl$Alice:> "A lua? Bem, certamente não está normal."

40<tl$Marisa:> "Certo. Aqui, chegamos ao santuário.

<l$> Se subirmos esses degraus, teremos uma boa visão

<l$> da lua no topo."

44<tl$Alice:> "Eu não vim aqui para caminhar..."

47<tl$Marisa:> "Bem, estamos caminhando de qualquer maneira."

51<tl$Alice:> "Hã?"

53<tl$Marisa:> "Aaah?!!"

56<tl$Alice:> "Espera, por que você está tão surpresa?"

59<tl$Marisa:> "Não importa quantas vezes eu a veja, sempre me surpreende. <l$> Quero dizer, apenas olhe para ela."

63<tl$Alice:> "Está do tamanho errado, além de estar escura, não acha?"

67<tl$Marisa:> "Esta lua falsa não mudou nada.

<l$> Normalmente, já estaria diminuindo. Não consigo entender por que

<l$> ela não está."

71<tl$Alice:> "Você acha que a barreira do santuário pode fazer a lua parecer <l$> diferente do que é do lado de fora?"

75<tl$Marisa:> "Não saberemos até perguntarmos."

78<tl$Alice:> "Independentemente da resposta, <l$> você acha que haverá alguma solução?"

81<tl$Marisa:> "Droga, a Reimu nem sequer está aqui."

83<tl$Marisa:> "É estranho dela simplesmente fugir assim."

86<tl$Alice:> "Verdade."

89A lua cheia pairava no céu, obviamente escura e deformada.

92Sua transformação foi anormal, isso estava claro.

Mas, para descobrir a verdade, as duas teriam que

se aventurar e investigar novamente.

95Final Normal #6 Tente jogar novamente sem continuar!

Gnome-colors-gtk-edit.svg end01c.end.jdiff


Final Bom No. 2

8A floresta de bambu de Eientei.

10Duas figuras podiam ser vistas passando pela vegetação rasteira.

Elas eram quase tão experientes quanto perdidas. Depois do labirinto de bambu, tropeçaram em uma clareira,

onde a luz da lua brilhava em uma bela e antiga propriedade.

14A mansão parecia mais antiga que o próprio tempo, como se nunca uma alma em Gensokyo a tivesse chamado de lar.

17Talvez fosse apenas um engano ilusório?

21<tl$Marisa:> "Encontrar este lugar antigo foi bem divertido, não acha?"

24<tl$Alice:> "Eu juro, nunca deveria ter vindo com você."

27<tl$Marisa:> "Bem, divirta-se se perdendo tentando encontrar o caminho de volta!"

30<tl$Alice:> "Você me deixaria perdida e sozinha *nesta* floresta?!"

33<tl$Marisa:> "Uau, vendo essas ruínas antigas, me sinto como <l$> uma arqueóloga em uma escavação."

36<tl$Alice:> "Então agora somos ladras de túmulos? Vamos pra casa."

39<tl$Marisa:> "Vamos entrar! <l$> Que diversão você espera ter aqui?"

44<tl$Reisen:> "Epa, espera aí!"

47<tl$Marisa:> "Alguém veio."

50<tl$Reisen:> "Caiam fora daqui, essa é minha casa!

52<l$> O que vocês estão fazendo, se esgueirando aqui assim?"

55<tl$Marisa:> "Eu só vim dar uma olhada. Nós não vamos a lugar algum.

57<l$> Sou bruxa na maioria das vezes, exceto quando sou arqueóloga.

59<l$> Estou fazendo um trabalho arqueológico agora, então <l$> você vai nos deixar entrar ou não?"

62<tl$Reisen:> "Humph, mesmo se você for uma arqueóloga, não posso te deixar entrar!

64<l$> Espera, se você é uma bruxa, não entendo como você também pode <l$> ser arqueóloga..."

67<tl$Marisa:> "Arqueóloga, ladra de túmulos, são a mesma coisa."

70<tl$Reisen:> "Ladra de túmulos?!"

72<tl$Reisen:> "Vão embora! Isso não é uma tumba, de qualquer maneira..."

75<tl$Marisa:> "Ah, correção, somos assaltantes."

78<tl$Reisen:> "Cala a boca."

81<tl$Alice:> "Você não devia ter dito isso, Marisa. Talvez algo como <l$> 'Estamos aqui para o nosso compromisso' teria funcionado melhor."

85<tl$Marisa:> "Essa é boa, vamos tentar isso."

88<tl$Alice:> "Eu não acho que vai funcionar agora."

92<tl$Kaguya:> "Oh, nós temos visitas? <l$> Faz tanto tempo desde a última vez que tivemos companhia."

95<tl$Reisen:> "São apenas ladras."

98<tl$Kaguya:> "Ladrões não são motivo de preocupação.

100<l$> Inaba, vá buscar o chá das quatro estações e sirva nossas convidadas."

103<tl$Marisa:> "Você não precisa fazer tudo isso."

106<tl$Alice:> "A propósito, não somos ladras."

109<tl$Reisen:> "Vamos realmente tratar essas pessoas como se fossem convidadas?"

112<tl$Kaguya:> "Eu estive escondida por séculos.

114<l$> Mas nunca soube que haviam Terráqueos <l$> tão poderosos quanto os da Lua,

116<l$> apesar de ter ouvido rumores sobre eles aqui em Gensokyo."

119<tl$Marisa:> "Lugar muito legal que você tem aqui."

122<tl$Alice:> "Marisa, você ouviu isso?"

125<tl$Marisa:> "Aqui está a pessoa que trocou nossa lua por aquela falsa."

128<tl$Alice:> "Você certamente se divertiu cuidando de todos aqueles youkais delinquentes. <l$> Diga, você acha que poderíamos continuar isso depois que terminarmos o chá?"

132<tl$Kaguya:> "Estranho, não é?

134<l$> Lembro que a Terra foi povoada por inúmeros youkais.

136<l$> No entanto...

138<l$> Não me lembro de existirem tantos humanos. <l$> Quando foi que os youkais pararam de se deliciar com eles?"

140<tl$Kaguya:> "Este é um mundo tão restrito..."

143<tl$Marisa:> "Eles nunca pararam realmente."

146<tl$Alice:> "Você é uma desgraça tão grande para sua própria raça <l$> que eu prefiro morrer de fome do que comer você."

149<tl$Kaguya:> "É bem interessante como humanos e youkais interagem."

151<l$> Este pequeno bate-papo noturno foi mesmo fascinante."

154<tl$Reisen:> "Por favor, não esqueça que elas são ladras."

157<tl$Marisa:> "Sou arqueóloga!"

160De fato, a lua fraca não era a verdadeira.

Agora, a verdadeira lua cheia brilha intensamente sobre Gensokyo,

restaurando fascinantemente o poder da terra.

164Kaguya e sua turma decidiram ficar em Gensokyo.

Dentro de sua barreira protetora, elas estavam a salvo de qualquer Lunariano que as perseguissem.

E sem a necessidade de uma lua falsa, a lua verdadeira foi devolvida.

168Quem vinha do cosmos para Gensokyo sempre evitava os visitantes.

Mas com pessoas como essas duas, Kaguya e as outras

não têm escolha a não ser conhecê-las.

171Final Bom #2 Obrigado por jogar! (O teste de coragem está à frente...)