Th143/Omake em Português Brasileiro

From Touhou Patch Center
Jump to: navigation, search
This page is a translated version of a page Th143/omake.txt and the translation is 100% complete.

Other languages:German 52% • ‎English 100% • ‎Spanish 5% • ‎Japanese 100% • ‎Korean 100% • ‎Portuguese 10% • ‎Brazilian Portuguese 100%
	-------------------------------------------------------------------
○弾幕アマノジャク ~ Impossible Spell Card.

Posfácio

                             Team Shanghai Alice Leader ZUN
                                     2014/05/11
-------------------------------------------------------------------

====================================================================
■1. Posfácio
====================================================================

Saudações, aqui é o ZUN.
Uau, de algum jeito consegui gravar um CD.
O tempo de desenvolvimento desse jogo foi bem menor do que um da série normal, então quando comecei a trabalhar nele
já pareciam as horas finais. Provavelmente porque não passei nem um mês trabalhando nisso...

É muito divertido criar coisas, mesmo que o desenvolvimento seja extremo demais.
Cuidar de um projeto que muda como um ser vivo é bem parecido com ter um animal de estimação,
embora jogos não mudem nada se você não fizer nada.

Então, como foi Danmaku Amanojaku?
Um jogo clássico de Danmaku com um sistema de equipamentos, experiência, aprendizado e conquistas...
Não tem nenhum sistema novo que adicionaria detalhes.
Mas por fora, parece um jogo muito diferente de todos os outros.
Talvez a ideia de que um verdadeiro jogo "único de seu tipo" estivesse escondido bem na nossa frente.

Uma boa jogatina precisa de objetivos conquistados com estratégias, esforço e paciência.
Acho que esse jogo consegue fazer, e enfatizar isso.
Mas não tem jogos demais em que o esforço depende de aleatoriedade?
Olha! Itens super raros, lendários!... Ficar coletando itens aleatórios com fotos fofas e estatísticas infinitas cansa uma hora. Acho que estou
chegando no meu limite.
Talvez seja a consciência de um adulto que não quer perder tempo com jogos sérios.
Mas se esses forem os últimos jogos que sobrarem no mundo, meu álcool vai estragar.

E mais importante, se os jovens não puderem experimentar a sensação de conquista desses
jogos, talvez não existam mais desenvolvedores para jogos futuros.
Ou talvez... Não vão existir mais pessoas criativas sem jogos.
Esse jogo pode ser difícil, mas eu adoraria que os jovens o jogassem bem.


E não importa o quão arrogante isso pareça, se fosse difícil demais, não seria possível conquistá-lo.

Se bem que isso seria lógico.
Afinal de contas, é uma Amanojaku.

Como dica, nos estágios finais a organização de itens e níveis importa demais.
Depois disso, é só paciência e sorte.


ZUN (Esse foi o jogo que mais precisou de testes durante seu desenvolvimento. Estou exausto)











A protagonista é uma personagem de Touhou 14 - Double Dealing Character.
A história desse jogo é quase que como uma continuação de Touhou 14.
Ao menos, ele tem uma história própria.



Chefe do estágio 5 - A Amanojaku que contra-ataca

Seija Kijin

Espécie: Amanojaku
Habilidades: Capaz de inverter qualquer coisa

Uma Amanojaku que planeja tumultos.
Amanojaku não são Oni, mas um tipo muito deturpado de Youkai.

Ela está sempre pensando no contrário do que outras pessoas pensam.
Ela gosta do que pessoas odeiam, e se odeia quando faz os outros felizes.
Ela nunca obedece ordens. E mesmo se ela ganhar algo por isso, não dá nada em troca.
Então é óbvio que humanos e Youkais não gostem dela. Mas ela estava feliz desse jeito.

Sua ambição é virar Gensokyo de cabeça para baixo.
Ela queria esmagar a Gensokyo atual, onde os fortes reiam, e mudar o lugar
para que os fracos tivessem mais valor.

Mas ela não tinha o poder para fazer isso.
Então ela viu o tesouro dos Inchlings (pequenos samurais), a "Marreta dos Milagres".

Tradução do texto: JHeroGHJP